sábado, 14 de junho de 2008

Camaradas


Conheci a mãe de Zé.Eu fiquei sem graça.Ela também.
Mas é uma doçura, apesar do pouco tempo que conversei com ela. E linda.
Queria almoçar com eles amanhã, mas não posso.
Pena mesmo. :~~
A mãe de Zé me deu um abraço apertado. Eu gosto dela.
Hoje, escrevo com frases curtas, breves, bem ao gosto de Graciliano.

Sinto saudades de Zé pelas férias que não passaremos juntos.
Sinto falta das minhas amigas, mesmo que fiquem na sala ao lado.

Fui ver os "Camaradinhas". Projeto social. Fui fotografar borboletas, pirilampos, formiguinhas e cigarras. Uma delícia. Tenho uma simbiose assombrosa com a minha câmera. E isso não me apavora.

A exaustão de uma tarde fotografando é semelhante a preguiça-dengo pós-coito.

Um comentário:

Marquinhos disse...

Cara, você é linda, em todos os sentidos.